Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lóbi do Chá

Lóbi do Chá

Minhas Senhoras e meus Senhores,

por Zé Pedro Silva, em 31.12.10

Bom Ano.

Obrigado Wikileaks, por seres quem és

por Zé Pedro Silva, em 30.12.10

 

2010 despede-se em beleza com a notícia de que o chefe da Guarda Revolucionária terá esbofeteado Mahmoud Ahmadinejad durante uma reunião das altas cúpulas do Irão.

Conseguem imaginar a cena? O outro a levantar-se e zás-trás-pás. E o Mahmoud quieto, com os ombros encolhidos, com aquele seu ar de “se quisesse enfiava-te uma bomba antónia pelo rabo, mas não posso porque depois ficava sem ela para os amaricanos”.

 

Esta bufa foi muito boa. Obrigado Wikileaks, obrigado Julian Assange. Obrigado a todos. Gostamos muito do vosso trabalho. Continuem.

O que o islamismo faz às pessoas

por Zé Pedro Silva, em 29.12.10


 

O grande tema Father & Son, primeiro por Cat Stevens e depois por Yusuf Islam, que é a versão islâmica do convertido Cat Stevens. A ideia deste post resulta da publicação do tema original, de Cat Stevens, no Facebook do meu amigo Simas.

Sugestão: The Smooth Guide: A weekend in Porto

por Zé Pedro Silva, em 29.12.10

 

http://www.howtospendit.com/#/articles/3401-the-smooth-guide-porto

 

[Imagem: How to spend it, Ft.com]

Primeiro barcalhão ecológico

por Zé Pedro Silva, em 28.12.10

 

Calma, calma, calma. Não comecem já a dizer que uma pessoa, por comprar um barco a motor, não pode ter um pingo de responsabilidade ambiental, porque entretanto, um determinado estaleiro construiu, já por causa dessas bocas, o “Exuma”, o primeiro barco com preocupações desse género.

Com um casco esguio e recorrendo a materiais mais leves, o Exuma consegue, a uma velocidade de cruzeiro de 12 nós, fazer 6000 milhas com 75 000 litros de gasóleo. Ora, a milha náutica está a 1852 metros, logo este barquinho alcança, apenas com um depósito, 11 000 quilómetros, mais coisa menos coisa.

São 681 litros aos 100, por extenso: seiscentos e oitenta e um litros aos cem. A preços da Galp - ainda alguém abastece na Galp? - são 860 euros de combustível a cada 100 quilómetros, i.e., 54 milhas náuticas. Para atestar o menino, prepare um cheque de 94 800 €.

 

Então e quanto é que custa o brinquedo? Não sei. Não estou interessado. A minha onda é outra:

 

 

Um belíssimo Riva, mais barato e com EVA incl.

Jingle many bells

por Zé Pedro Silva, em 28.12.10

Tenho aqui uma pergunta, que não é preciso responderem agora, podem ir para casa pensar e depois respondem: Neste Natal ocidental, quantos milhares de milhões de euros e dólares não terão sido amealhados pela China?

E agora, uma segunda pergunta: O que será de nós? Não estou a pensar na dívida pública portuguesa. Estou a pensar... com a breca!... no fim do mundo. Do nosso, claro.

Pequena nota de geopolítica criminal

por Zé Pedro Silva, em 28.12.10

 

Não sei se os adversários de Cavaco Silva conhecem a República cuja presidência disputam, mas é evidente que qualquer tentativa de colar o actual presidente ao escândalo do BPN virar-se-á rapidamente contra eles, constatado que está o apreço dos eleitorados latinos por políticos, no mínimo, problemáticos.

Se a imagem de Cavaco embrulhado na fraude passa, o portefólio do professor enriquece-se a tal ponto que, sim, vence à primeira volta, e eu por mim cancelava o escrutínio. Para quê?


[Imagem: Via Google Images.]

Mais uma low-service?

por Zé Pedro Silva, em 27.12.10

 

A TAP começou a cortar nas refeições a bordo. Primeiro apenas nos voos de curta duração, mas em breve as ligações de hora e meia também já serão feitas em jejum.

Calma! Não digam já que a TAP é um animal frio e sem sentimentos, pois os passageiros destes voos receberão uma pequena caixa de comida, distribuída antes do embarque.

Economicamente falando, a empresa argumenta com a redução de custos, convergindo desta forma com as suas concorrentes directas. Ora, esta redução de custos resultará - aparentemente - da subcontratação do serviço de catering, que é como quem diz “da distribuição das caixas de comida”, mas também da colocação de menos tripulantes a bordo, que é como quem diz “da colocação de mais tripulantes na rua”.

Enfim, é a modernidade e a evolução no sector da aviação, que porém retrocede, tem graça, há muito tempo. Faltará pouco para se aplicar o princípio do comboio indiano, que diz que cabe sempre mais um, desde que se apertem todos.

 

[Imagem: via Google Images.]

Did I said global warming? I mean cooling...

por Zé Pedro Silva, em 26.12.10

 

Na Europa, centenas de pessoas passaram o Natal nos aeroportos, por causa do mau tempo. Há voos cancelados na costa leste dos Estados Unidos, por causa de uma tempestade de neve. A cidade de Moscovo está paralisada, por causa de chuva glaciar.

Dá-se alvíssaras a quem encontrar, por estes dias, Al Gore na rua. Só lá para o Verão e veremos se tem coragem.

 

[Imagem: Via Google Images.]

Aos arrependidos (pequena nota redentora)

por Zé Pedro Silva, em 26.12.10

Embora muito cansativo e ruinoso para o organismo - nem o primeiro trimestre do novo ano nas termas de Monchique bastaria para limpar ¼ da festa -, o Natal é, ainda assim, uma época de grandes qualidades: dar, receber, conviver.

 

Por tudo isto, o completo desprezo pelas mais elementares regras de alimentação e descanso acaba por ter desculpa.

Pág. 1/5

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D