Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lóbi do Chá

Lóbi do Chá

Celeuma do palhaço

por Zé Pedro Silva, em 24.05.13

Está tudo mal e está tudo errado nesta história do palhaço. Começa por estar mal o jornal que põe na capa o outro a chamar palhaço ao outro. Um grande jornal entrevista um grande homem sobre grandes temas e depois faz manchete com uma palhaçada? No contexto da entrevista, a palhaçada podia ter graça e dar cor e alegria ao texto, mas assim exibida é um bocado feio. Fazer capas de jornais é como escolher um decote. Devemos mostrar o mais possível sem sermos badalhocos. Um decote no limite da decência é uma maravilha, para lá desse limite é uma miséria.

 

Ora, o Jornal de Negócios foi um bocadinho para lá desse limite. Ao colocar a palhaçada na capa, mostrou as mamas, o rabo e até o pipi. Estava ali tudo, na capa. Qual é o resultado? É pornográfico e mesmo para os apreciadores de cinema mudo, não é bonito, pois nós não apreciamos pornografia nas bancas do nosso bairro, só no recato da nossa tela.

 

Aliás, a imprensa tem dado muito destaque a estas coisas. O futuro dos jornais é, de resto, mulheres descascadas, estúpidos a cair de lambreta, aviões a aterrar de emergência e troca de palhaços.

 

Agora, o Miguel Sousa Tavares. Também esteve mal. Havia muitas formas de dizer o que disse sem o Presidente da República perceber. Não quero com isto estar a chamar estúpido ao Chefe de Estado, por amor de Deus, não me metam em sarilhos. Eu acho até que é uma pessoa muito inteligente, pelo menos quando comparado com os colegas do BPN. É que os outros estão todos atrás da moita e o Aníbal está em Belém.

 

Voltando ao que Sousa Tavares podia ter feito, imagino, por exemplo, que se ele tivesse dito que Cavaco é o Beppe Grillo português, o Aníbal teria adorado. - Maria, Maria, anda cá ver, o Miguel Esteves Cardoso comparou-me a um grande estadista italiano. - Mas Aníbal, esse é o Miguel Sousa Tavares. - Sim, sim, pois, enganei-me. Mas o Cavaco sou mesmo eu.

 

Posto isto, vamos ao Aníbal, que ainda é quem fica pior nesta fotografia. Desde logo, porque foi a quem chamaram palhaço. É logo uma desvantagem. Depois, porque foi fazer queixinhas à Procuradoria. Então um agricultor de Boliqueime vai fazer queixinhas às autoridades, em vez de pegar logo no tractor para ir pedir contas lá nos terrenos do agressor? Se o Aníbal tivesse saído de Belém no tractor e fosse até ao Miguel Sousa Tavares ameaçá-lo com uma uma enxada, aí tínhamos homem. Agora... fazer queixas à PGR? Ainda por cima queixa-se é da ofensa ao órgão. Ou seja, chamam-lhe palhaço mas ele chateia-se é por terem chamado palhaço ao Presidente da República. Como quem diz "eu ser palhaço tudo bem, agora chamares isso ao Presidente da República é que eu não te admito".

 

Definitivamente, não fica bem ao Aníbal proteger-se no órgão. O órgão é o órgão, o Aníbal é o Aníbal. Sousa Tavares, se chamou palhaço a alguém, foi ao Aníbal. Que não é um órgão, é uma pessoa. Um órgão para ser órgão tem de ter caixa de correio e o Aníbal não tem. Logo, quando se chama palhaço ao Presidente da República, não é ao órgão mas ao indivíduo que manda no órgão. Porque o órgão, em si mesmo, não é uma pessoa. E em teoria, não se ofende matéria. Só caixas Multibanco quando estão sem dinheiro. - Puta da máquina, não tinha dinheiro. Neste caso, a puta é mesmo a máquina.

 

Mas se o empregado não nos traz a conta que já pedimos há meia hora, quando pensamos "este cabrão não me traz a conta" estamos a pensar no empregado e não no restaurante como instituição. Seria ridículo, aliás, se o empregado ouvisse e voltasse à mesa para dizer que o restaurante estava muito ofendido, tão ofendido que ia à esquadra naquele momento apresentar uma queixa contra o cliente.

 

Enfim, para concluir, o Jornal de Negócios devia ter agasalhado o palhaço, o Miguel Sousa Tavares devia subentender mais as coisas e o Aníbal devia ter dito "isto não é nada com o Presidente da República, porque o Presidente da República é um conjunto de artigos na Constituição, isto é entre mim e esse senhor Esteves Cardoso!". - Sousa Tavares, Aníbal. - Isso! Sousa Tavares!

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    De José Eduardo Valente a 27.05.2013 às 13:27

    Catarina, queria-lhe dizer que foi um prazer e diversão vender sapo no 16200 :). Adoro o site :D
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Mais sobre mim

    Arquivo

    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2013
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2012
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2011
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2010
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2009
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D