Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lóbi do Chá

Lóbi do Chá

Ser herói em Portugal

por Zé Pedro Silva, em 04.09.13

Ai que bom. Os técnicos da Segurança Social já estão a acompanhar as famílias dos bombeiros que tombaram, para assegurar as pensões. E o Parlamento e o Presidente e mais uns quantos com certeza enviaram mais umas mensagens por este último bombeiro tombado. Que bom.

 

É tão reconfortante, não é? Estes jovens morreram a lutar pelo seu país, mas é bom saber que a família já está a levar com técnicos da Segurança Social a fazer imensas perguntas e a preencher formulários atrás de formulários. Tem de se analisar o agregado, os rendimentos do beneficiário, devem ser coisinhas assim. Também deve ser preciso saber o saldo bancário do beneficiário em Dezembro do ano anterior. Depois chegam as mensagens dos governantes, para rematar este belíssimo luto burocrático. Que bom. É bom saber que o país sabe agradecer e homenagear a coragem destes jovens. Mensagens de caras de pau e muitos técnicos da Segurança Social. Bonito. E bastante solene.

 

Com a breca! O Estado - O Presidente da República, a Presidente da Assembleia, o Primeiro-ministro, os bustos do Ratton, mais o do Supremo e todo o protocolo - têm de prestar a devida homenagem a estes homens e mulheres. Cerimónias de Estado. A Força Aérea tem de fazer passar os seus aviões. A Marinha tem de fazer soar uma salva de tiros. O Exército tem de marchar. E no fim a Mariza tem de cantar o hino. 

 

Morreram seis bombeiros numa guerra contra o fogo. O país tem a obrigação de lhes agradecer condignamente. Engalana-se o Estado todinho para assinalar datas históricas ou até só para receber chefes de Estado estrangeiros que estão de passagem, mas morrem jovens pelo seu país e... toma lá um cartão e os técnicos da Segurança Social já vos vão atender. Vá lá, vá lá. Pelo menos não têm de ir tirar senha. 

 

Como já aqui defendi várias vezes, Portugal pode ter um problema económico grave, mas a economia ainda é o menor dos seus problemas. Num país sem honra, bem pode o povo nadar em dinheiro, que a miséria será sempre enorme.

 

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D