Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lóbi do Chá

Lóbi do Chá

Não se importa de me dizer o que é que eu quis dizer

por Zé Pedro Silva, em 05.09.13

Antes de mais, queria pedir para não se rirem. Vamos ter respeito pelo nosso país. Ora bem, o Parlamento fez uma lei, mas não a fez bem. Trocou um "de" por um "da" ou um "da" por um "de" e portanto ficou sem se perceber bem a ideia. As únicas pessoas que podiam então explicar qual o sentido que pretendiam para a lei eram, naturalmente, as pessoas que a tinham discutido e votado. Acontece que não sabiam. Ou seja, o Parlamento que votou a lei não a soube explicar minutos depois. Era como se a lei tivesse vindo do Senhor e nós, cá em baixo, ao recebê-la, não percebíamos muito bem o que é que o senhor queria dizer. 

 

Então e como é que se resolve uma coisa destas? Parece que é o Tribunal Constitucional. Foi o Tribunal Constitucional que veio dizer o que é que os parlamentares queriam dizer, quando eles próprios não sabiam o que queriam dizer. Vá lá, então!? Estou a ouvir pessoas a rir. Vamos ter respeito. 

 

Que o Tribunal Constitucional interpretava a Constituição, já se sabia, mas pelos vistos também interpreta erros. Os juízes estiveram para ali a analisar o que é que os parlamentares queriam dizer. E os parlamentares assistiram a tudo. Uma espécie de "oxalá estes senhores consigam perceber o que é que a gente queria dizer". 

 

O resultado é que foi, naturalmente, o Tribunal Constitucional a legislar. O Tribunal Constitucional teve de substituir o legislador e fazer uma escolha que tanto podia ser boi ou vaca, porque o diploma dava para o que se quisesse. E os políticos, que discutiram e votaram esta lei, reagem com uma espécie de "ah, pois, era mesmo isto". 

 

Gostava de agradecer aos que aguentaram sem se rir. 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D