Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lóbi do Chá

Lóbi do Chá

Seguro e a política do pânico

por Zé Pedro Silva, em 17.12.13

 

Eu já aqui falei sobre isto, mas o António José Seguro também já tinha disto isto, portanto vamos todos repetir-nos. Que pressão está o Governo a fazer sobre o Tribunal Constitucional, que a oposição não esteja também a fazer? O Governo anuncia as trevas se o Tribunal Constitucional chumbar algumas reformas. A oposição anuncia as trevas se o Tribunal Constitucional não chumbar. 

 

É a mesmíssima coisa. E é assim que os tribunais funcionam. Os processos entram e as partes defendem-se. Ora, o Governo defende que as suas medidas são constitucionais e urgentes. A oposição diz que as medidas são inconstitucionais e vão destruir o universo. O juiz - neste caso, os juízes - decidem. 

 

Por que raio insiste, então, o António José Seguro, nesta linha de oposição? É porque não sabe fazer outra. É a política do beicinho. Em vez de termos um partido socialista forte, grandioso, seguro (não Seguro), cheio de propostas, duro com o Governo e claro na estratégia, temos este grupo de pessoas histéricas, "ai que eles vão destruir tudo", "ai que eles não respeitam nada nem ninguém", "socorro, socorro". 

 

Acontece que, tal como na fábula do jovem que diz que vem aí o lobo e depois o lobo não vem, já ninguém acredita neste Partido Socialista, que só sabe lançar o pânico. É um alarmista que não faz nada para tranquilizar os portugueses, nem sequer na medida das suas obrigações, que era apresentar uma proposta alternativa, séria e credível. Recorde-se que a proposta mais forte dos socialistas é a diminuição do IVA na restauração - coisa com a qual, aliás, eu concordo - mas que diz tudo sobre a insignificante oposição socialista. 

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D